quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Silenciar: amor não dito


'O silêncio é o amor que não precisa ser dito. Está simplesmente lá. Num olhar, num gesto, talvez... Tão puro, tão pleno, tão subentendido em si que, se quebrado com palavras, a mágica acaba, a fantasia do faz-de-conta se desfaz'.

Criss

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Para Hoje



A certeza de que as coisas podem sim ser diferentes.

Que a gente possa se reinventar, mudar, recomeçar, trilhar novos caminhos sempre quando precisar.

Que possamos sair do lugar, se aventurar e curtir os pequenos prazeres da vida.

Que a vontade de abraçar e de se deixar abraçar pela vida nos inunde sempre e,

Que a esperança de dias melhores nunca seja perdida.

Criss Marques

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Cultura é o quê?


Cultura são mãos empoeiradas, pés rachados, no chão, árido, seco, mas com uma esperança de que tudo vai melhorar.

Cultura são mãos calejadas da roça, sofrida, da criança brincando de esconde esconde, de bolinhas de gude, de pião, arrastando a bunda no chão, das roupas rasgadas, mas feliz com apenas um pedaço de pão.

Cultura é mulher rendeira, oleira, tecendo tricô, crochê, costurando cobertor de tacos de panos. É valorizar a vida das pessoas conforme seus princípios, sua criação... mais o amor valendo em tudo para superar os mal tratos as dores... e você se vê valorizado pelo que é, faz, e projeta.

Cultura é tudo que você imagina, realiza, sonha, projeta e ajuda a transformar realidades.

Joeldo Santana

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Apenas alguns minutos


Ela: Oi, Cris!! Quanto tempo não te vejo menina! 

Eu: Verdade. Vida anda tão corrida que até parar pra respirar tá difícil. Como você está?

Ela: Estou bem (sorriu docemente). Não tenho duvidas disso. Só não esquece uma coisa?

Eu: O quê?

Ela: Alma também pede sossego e precisa de casa para descansar. 

Eu: Pode deixar...

E com sorriso nos lábios nos despedimos.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Conversa franca: o assalto


Eu deveria muito bem começar o texto com a seguinte frase: "as aparências enganam", porque foi justamente isto o que aconteceu. Você nunca se vê vítima de um assalto até acontecer.

É até engraçado porque quando você ouve as pessoas dizerem, "ah, fulano lá da rua de trás foi assaltado na parada de ônibus", ou ver as notícias nos jornais já se questiona em como reagiria se passasse por algo assim.

No sábado eu fui assaltada. Antes, eu dizia para todo mundo que não fazia ideia de como seria, se gritaria, choraria, entregaria tudo ou reagiria e realmente não tinha noção. Então, vou tentar descrever a sensação do antes e depois do assalto. Deixando claro que são as minhas impressões.

Quando o 'carinha' me 'agarrou' por trás mandando eu passar o celular, confesso que tomei o maior susto, porque ele não aparentava nenhum pouco que ia fazer isso e a impressão que dava era de que ia trabalhar pelas suas vestimentas. Mas o que me surpreendeu mesmo foi a calma que tive ao entregar o celular e vê-lo andar duas casas para depois ir para algum lugar movimentado.

Primeira coisa que você sente: susto. Depois vem o nervosismo. Algumas pessoas sentem na hora, outras depois (no meu caso, por exemplo). Sim, você tem vontade de reagir, não são todas as pessoas, mas dá vontade sim. O problema das que não reagem é porque ficam na dúvida se o homem está armado ou não. Eu aconselho sempre a não reagir.

Depois que acontece tudo isso vem a raiva, a frustração, o medo e a lembrança (e essa é a pior parte). Você, muitas vezes, se chama até de "burro", pois fica naquela de: "ah.. bem que eu poderia ter prestado mais atenção ou eu não tinha nada que ter vindo por aqui", etc. 

A raiva é por ele ter levado suas coisas e ter que ir na delegacia fazer BO, a frustração é de saber que vai ter que cancelar cartões ou refazer documentos (depende da situação), o medo é o de ser roubado de novo e a lembrança, nem precisa explicar, pois você sempre vai lembrar com riqueza de detalhes toda vez que passar pelo local (isso quando não se pega relembrando da situação) e como é chato para dormir... não foi meu caso, mas muitas pessoas passam dias sem dormir por causa disso.

Essa história de que um dia passa e você nem vai mais lembrar é conversa fiada, pois você sempre vai lembrar. É algo que sempre vai andar com você. Vivemos normalmente, mas sempre vamos ter aquele receio. É fato. Existem muitas outras sensações e sentimentos. Poderia passar horas e horas escrevendo o drama que é passar por uma situação assim. Entretanto, o intuito do texto é justamente para aconselhar e dizer que qualquer pessoa pode passar por isso.

Então, o conselho que quero deixar é: nunca reaja, nada vale mais do que sua vida; tente manter a calma (sei que é difícil); entregue tudo mesmo (se for pra dar até as roupas do corpo, dê!); nunca fique desatento ou 'voando pelo espaço'; sempre desconfie das pessoas; evite ficar em lugares sem movimento; não brinque com a sorte e com o celular na rua; observe por onde anda... e por ai vai.

Ps. Podem até dizer que é piegas, frescura ou nada haver, mas eu agradeço a Deus por não ter acontecido nada mais sério e pela calma que tive na hora. Foi apenas um celular e um mp3. Algo que você recupera depois. Agora vida... não. Só Ele para nos livrar de certas situações. Desejo a todos uma ótima semana.

Bjs, Criss Marques

domingo, 11 de agosto de 2013

Ser Pai...

Ser pai não é esperar por recompensas, 
É saber que para aprender é preciso errar.
É aprender a hora de calar e de falar,
É muitas vezes, se contentar com o papel de coadjuvante.

Ser pai,  

É esperar pelo momento certo.
É dar proteção sem que percebam, 
É saber brincar, mas também saber se zangar. 
É saber dizer não, mesmo que o coração no momento só queira dizer sim.

Ser pai, 
 
É ser considerado ultrapassado, mesmo lutando para se renovar,
É ser ciumento muitas vezes, 
É não querer ver o seu bebezinho crescer,
É saber ser herói na infância do filho, um exemplo na juventude e uma amizade profunda na idade adulta. 

Ser pai,

É se doar sem esperar nada em troca,
É também aprender a trocar uma fralda, 
É saber acalentar um choro,
É arrancar sorrisos, e porque não dizer gargalhadas?

Ser pai,

É ser artista, 
É ser palhaço,
É aprender a pagar micos, tudo para ver o filho feliz.

Enfim, ser pai é tantas coisas que não há dicionário para definir. Tem vários tipos de pais espalhados por esse mundo, mas uma coisa "todos" têm em comum, amam seus filhos de uma maneira que só quem é pai consegue definir.

Desejo a todos os pais, um dia feliz. Deus os abençoe.

Criss Marques

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Aos meus amados escritores...


Finalmente chegou o nosso dia! Risos! Na verdade o de vocês, pois não me considero tão escritora assim rs... Bricandeiras a parte, vamos ao que interessa.

Machado dizia que "Uma país se faz com homens e livros". Por este motivo, quero agradecer a cada um de vocês pelo grande presente que nos dão, ao compartilhar seus mundos e sensações de uma maneira tão fantástica e espetácular.

Sinto uma enorme satisfação e um verdadeiro respeito por todos os que colocam no papel sua ideias, sentimentos e sensações, fazendo com que muitas vezes, tais palavras mudem até a vida de quem as lê.

Como boa leitora, "devoradora" de livros e tantos outros meios de escrita, só posso dizer muito obrigada, pois é por causa de vocês que o mundo é menos pesado e mais leve.

Para mim, escrever é uma aventura. É explorar o que no começo parece nada e a medida que você avança vai descobrindo novas rotas, novos destinos. Se eu penso assim, imaginem vocês.

Ps. Continuem escrevendo!! Bjos da Cris

sábado, 20 de julho de 2013

Aos Meus Amigos...


Hoje é 20 de julho. O tão comemorado dia do amigo... e eu não poderia deixar de homenagear as pessoas que fazem os meus dias mais coloridos. Então... vamos lá.

Muitas vezes na vida da gente aparecem pessoas fenomenais. Um tipo tão raro que nos contagia, nos aconchega e se achega de mansinho. Um tipo de pessoa tão especial que sua presença nos vale um pedacinho do céu.

São fenomenais, porque nos aceitam como somos e não exigem de nós nenhum tipo de manual de instrução, pois vai se conhecendo pelas caras e bocas, pelos sorrisos e pelo som da voz. São pessoas que nos leem e a gente lê e sente através de pequenos detalhes o que não é dito.

Esse tipo raro que nos aparecem em forma de anjos, e mesmo que tenhamos um pouco de loucura, dividem conosco suas histórias, tristezas e alegrias. O que dizer? São pessoas queridas, pessoas sinceras... aquelas que nós fazem acreditar que não estamos sós nessa terra. Pessoas raras que podemos chamar de AMIGO, precioso presente enviado por Deus.


Ps. Quintana dizia que 'existem dois tipos de chatos. Os propriamente ditos, e os amigos, nossos chatos prediletos'. A vocês meus amigos... desejo todas as bençãos de Deus e sabiam que moram no meu coração.


Criss Marques

terça-feira, 25 de junho de 2013

Pensamentos


As pessoas tem pressa,
mas não é para viver...

Correm,
mas não para realizar seus sonhos...

Acreditam,
mas não naquilo que realmente deveria ser...

Dizem amar, mas na realidade,
tudo isso não passa de palavras ao vento.


Criss Marques

terça-feira, 4 de junho de 2013

A Felicidade Possível


Só quem está disposto a perder tem o direito de ganhar. Só o maduro é capaz de renúncia. E só quem renuncia aceita provar o gosto da verdade, seja ela qual for.

O que está sempre por trás dos nossos dramas, desencontros e trambolhões existenciais é a representação simbólica ou alegórica do impulso do ser humano para o amadurecimento. A forma de amadurecer é viver. Viver é seguir impulsos até perceber, sentir, saber ou intituir a tendência de equilíbrio que está na raiz deles (impulsos).

A pessoa é impedida para a aventura ou peripécia, como forma de se machucar para aprender, de cair para saber levantar-se e aprender a andar. É um determinismo biológico: para amadurecer há que viver (sofrer) as machucadelas da aventura e da peripécia existencial.

A solução de toda situação de impasse só se dá quando uma das partes aceita perder ou aceita renunciar (e perder ou renunciar não é igual, mas é muito parecido; é da mesma natureza). Sem haver quem aceite perder ou renunciar, jamais haverá o encontro com a verdade de cada relação. Como pode estar na possibilidade conflitiva, o que é sempre difícil de aceitar?

Só a renúncia no tempo certo devolve as pessoas a elas mesmas, e só assim elas amadurecem e se preparam para os verdadeiros encontros do amor, da vida e da morte. Só quem está disposto a perder consegue as vitórias legítimas.

Amadurecer acaba por se relacionar com a renúncia, não no sentido restrito da palavra (renúncia como abandono), porém no lato (renúncia da onipotência e das formas possessivas do viver).

Viver é renunciar porque viver é optar e optar é renunciar.

Renunciar à onipotência e às hipóteses de felicidade completa, plenitude etc... é tudo o que se aprende na vida, mas até se descobrir que a vida se constrói aos poucos, sobre os erros, sobre as renúncias, trocando o sonho e as ilusões pela construção do possível e do necessário, o ser humano muito erra e se embaraça, esbarra, agride, é agredido.

Eis a felicidade possível: compreender que construir a vida é renunciar a pedaços da felicidade para não renunciar ao sonho da felicidade.

Artur da Távola

terça-feira, 28 de maio de 2013

Poetar...

Poetar é como cultivar flores, 
distribuir um sorriso, 
amar o próximo e, 
transformar sonhos
em realidades...

Poetar é trilhar na sabedoria, 
encurtar distâncias,
saborear há vida e,
cavalgar sob os luares...

Poetar é curtir a natureza, 
abraçar o calor do sol,
não ter medo de ser feliz e,
ter a consciência tranquila...

Poetar é cultivar os amigos,
dar um adeus para a saudade,
caminhar na fé e, 
reconciliar-se com Deus...

Ângelo Sansivieri

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Cantares...


Levanta-te, minha amada,
formosa minha, vem a mim!
Vê o inverno: já passou!
Olha a chuva: já se foi!

As flores florescem na terra, 
o tempo da poda vem vindo, 
e o canto da rola
está-se ouvindo em nosso campo.

Despontam figos na figueira
e a vinha florida
exala perfume.

           Levanta, minha amada, 
        formosa minha, vem a mim!

      Cântico dos Cânticos 2:10-13



Ps. O anseio e o amor de Deus ultrapassa nossos desejos mais extravagantes, nossas esperanças e desesperanças. Não se pode reduzir algo tão grandioso e maravilhoso a qualquer coisa. 

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Sinto falta


Rubem Alves dizia que a saudade era a nossa alma dizendo para onde gostaria de voltar. Por este motivo, acredito que em nossa alma sempre fica aquela saudade de tudo o que um dia aprendemos com amor e a amar.

Hoje sinto falta das aulas de dança. Dos sábados de manhã... e porque não dizer das terças e quintas a tarde?

Saudades das coreografias, do nervoso "miudinho" que dava todas ás vezes que tínhamos que apresentar, dos ensaios que pareciam não ter fim, das roupas, dos cabelos perfeitamente apanhados e arrumados. 

Saudades das colegas de dança, das professoras, das fugidinhas ao supermercado, das risadas, das músicas, das sensações, das broncas, das dores... que dores! Saudades de tudo. 

Hoje o sentimento é nostalgia, a alma pede para voltar... quem sabe um dia ela volta e ''mata'' essa vontade! Nunca se sabe. 

Criss Marques

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Escrever é...



"Escrever, é estar entre os anjos, deitar-se sobre pétalas de rosas, falar com as mãos, realizar sonhos inacabados, ressuscitar desejos perdidos, quando se tem amor."

Ângelo Sansivieri - poeta brasileiro

terça-feira, 21 de maio de 2013

O amor de amar


Se você é livre para viver e amar
Um pouco perco o meu prazer de gostar
Porque o amor tem asas várias de querer
Voa e não se dá a prender, nisso que é amar
Nisso que há de infinito, que quer surpreender
Um acarinhar que é tão bonito, que faz apaixonar

Se você não é livre, teu sentimento é dominar
Em muito se perde a beleza, um jeito para cativar
Porque o amor só pretende amar, voar e bem viver
Sonha, não se dá a vencer, nisso que quer se entregar
Em tudo para acalentar, sem sufocar para permanecer
Vive um gostar que é um grito, um gesto pleno de libertar.

José Augusto Fontes

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Depende de você


É preciso calma...
Pois o mundo exige muito de você.

A vida é sua, não a deixe escorrer.

Rir e chorar,
Se alegrar e sofrer... tem que acontecer.
As dores são suas, mas ainda há esperança, uma razão pra viver...

Sinta! Experimente! Não desista! Persista!
Plante e Cante! Creia em Deus! Viva!
Pois uma coisa é certa,
Tudo na vida depende de você.

Criss Marques

sexta-feira, 17 de maio de 2013

O que é aquilo? / What is that?


Sabe aqueles vídeos que você assiste e sempre que tem oportunidade vê novamente? Pois então, esse vídeo é um exemplo.

Gosto dele porque traz uma reflexão séria, bonita e ao mesmo tempo muito importante sobre valorizar nossos pais. Que o vídeo sirva de reflexão para vocês, assim como foi para mim.


Ps. Não deixe para dar importância quando for tarde demais. O momento é hoje. É agora.  Bjs.

Criss Marques

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Como se mata a saudade?



Hoje quando estava sentada em um banco, uma criança veio até mim e me cutucou. Estranhei. Mas, ao olhá-la, me fez a seguinte pergunta:

- Como se mata a saudade?

Surpresa, dei um sorriso e perguntei:

- Mas.. por que você quer matar a saudade?

Com olhos meio que suplicantes, disse-me:

- Quero matá-la porque... ás vezes dói bem aqui (colocando a mão no coração)

Parei por alguns segundos, e lembrei o quanto a falta de alguém podia machucar. Olhei para ela e disse:

- Como matá-la eu não sei pequena, mas conheço uma forma de você diminuir um pouco essa dor.

Com os olhos brilhantes e cheios de esperança, perguntou mais uma vez:

- Você sabe? Como?

Disse-lhe:

- Quando essa saudade vier, você fecha bem os seus olhinhos e lembra dessa pessoa importante que te faz falta, depois, você pega os seus dois bracinhos e imagina que está abraçando essa pessoa!

Ela me olhou meio assim como que duvidando..

- E funciona moça?

Ri e disse:

- Funciona sim! Não acaba com ela, mas ajuda. Comigo dá certo!

Me sorriu em resposta e falou:

- Vou tentar agora.

E lá estava eu... sentada em um banco qualquer, admirando uma criança de olhos fechados, abraçando sei lá quem. 
Minha admiração não foi o fato da criança ter seguido meu conselho, e sim, porque agora em seus lábios brotavam sorrisos.

Criss Marques

terça-feira, 14 de maio de 2013

Quem dera...


"Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último. O último para dizer “obrigada”. O último para dizer “me desculpa”. O último para dizer “eu te amo”. O último para abraçar cada pessoa amada com aquele abraço bom que faz um coração cantar para o outro. 

O último para apreciar a vida com o entusiasmo que não guarda nenhuma delícia nem ternura pra depois. O último para fazer as pazes. Para desfazer enganos. Para saborear com calma, como se me servissem um banquete, a preciosidade genuína que cada único respiro humano representa...

Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último. Eu não perderia uma chance para me presentear com os agrados que me nutrem. Eu criaria mais oportunidades para dizer o meu amor. Para expressar a minha admiração. Para destacar para cada pessoa a beleza singular que ela tem. Para compartilhar. 

Eu não adiaria delicadezas. Não pouparia compreensão. Não desperdiçaria energia com perigos imaginários e com uma série de bobagens que só me afastam da vida.

Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último, porque pode ser."

____Ana Jácomo


Ps. Se aprendêssemos a viver nossos dias como os últimos nessa terra, nós viveríamos mais, amaríamos de verdade... seríamos mais livres para vivermos sem máscaras. Penso assim e você?

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Amar é...


 Uma frase para nossa noite ser mais bonita. 


Ótima noite a todos. 
Criss =)

domingo, 12 de maio de 2013

Mãe...


Homenagem do Grupo Missionário de Jovens a todas as mães. O vídeo é lindo.. vale a pena assistir. Fora que a música é linda. =)

Bjs, Criss

Ser mãe...


Hoje é comemorado o dias das mães. Então fiquei pensando no que dizer a todas as mães, e em especial a minha. Vamos tentar...

Ser mãe não é carregar no ventre um ser durante nove meses. É muito mais do que isso. É saber e aprender a dividir, a cuidar, a sorrir mesmo quando tudo o que ela quer é chorar.

Ser mãe é depender da graça de Deus todos os dias. É lembrar muitas vezes que a vida agora gira em torno de outra pessoa e não mais da sua.

Mãe é aquela que dar apoio, conforta, abraça. Assiste com lágrimas nos olhos teus avanços e sorri com tuas vitórias. Mas também é aquela que se entristece quando você fica triste e te ampara quando precisas.

Ser mãe é saber ouvir, mas também é saber brigar quando preciso. Mesmo que o filho fique muitas vezes com raiva ou entristecido.

Mãe é aquela que fica horas acordada esperando o filho voltar, liga quando demora a chegar. Ela é aquela que te faz acreditar quando você não acredita em si mesmo. Ajuda-te a sonhar, realizar.

Ser mãe é amar alguém que jamais viu. É ser invadida por uma felicidade sem tamanho ao ver os primeiros passinhos, as primeiras palavras.

Mãe é aquela que continua a amar mesmo quando o filho vai embora, vira as costas ou só lembra-se dela no dia de hoje. É aquela que continua de braços abertos e ainda continua te vendo como um bebê que nunca cresce.

Mãe, três letras que equivalem a todo o alfabeto. É mais do que uma simples palavra. Mãe é dádiva. É presente de Deus.

A todas as mães... um dia feliz. Não só hoje, mas todos os dias.

Ps. Mãe é sempre mãe apesar de todas as coisas. Ore e agradeça a Deus pela sua.

Criss Marques

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Ei, menina!


Ei, menininha! Abre a janela! 

Pega essa coisa bonita que o dia hoje te dá.

Deixa teus olhos sorrirem,

Deixe a poesia de ti mais uma vez se aproximar...

Lança fora esse medo e transforme tudo em novos começos.

Não se deixe enganar, a coragem e a ternura vem lá de dentro.

Acreditar é o que faz o mundo muitas vezes girar...

Agarra as delicadezas e a 'pequenitude' das coisas...

E lembre-se que: para enxergar a mágica da vida é preciso antes de tudo se deixar encantar...

Criss Marques


Ps. Texto que fiz de presente para uma amiga muito especial.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Há momentos...


Há momentos na vida em que precisamos somente disto, se deixar sentir...

Criss Marques

Voltei!


Volteiii!! Pensei em fazer uma festa, soltar fogos de artifícios porque não é sempre que milagres acontecem rs.

Bom, primeiramente quero pedir desculpas, pois, dois meses atrás havia dito que ficaria afastada do blog durante uma semana, mas, todavia, entretanto, porém... aconteceram tantas coisas que me obrigou a ficar longe durante todos estes tempos.

Segundo, mesmo distante continue escrevendo algumas coisinhas que pretendo postar aqui no blog. Espero que gostem.

Feliz de estar de volta. Desejo não me afastar mais.
Ótima noite a todos!!

Bjs, Criss =)

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Aviso Importante

Boa tarde! A todos que acompanham o meu blog só posso dizer MUITO OBRIGADA! Você são sempre bem-vindos...


O motivo que me trouxe aqui hoje é para pedir desculpas a vocês, pois nessa semana e na outra estarei muito ocupada e não poderei postar. Então peço a todos compreensão.


Logo estarei de volta.. enquanto isso desejo que essas duas semanas sejam maravilhosas e que vocês possam aproveitar a melhor coisa que há na vida: sermos nós mesmos.  


Beijos Criss Marques =)

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Graça e Misericórdia


Era mais um dia de faculdade, e lá estava eu com uma amiga indo em direção a sala de aula. No meio do caminho, paramos para beber água e encontramos um grupinho de pessoas que conversava animadamente.

O assunto da conversa era mais ou menos para dizer, o que fazia um cristão ser uma pessoa diferente das outras. Quando ouvi o tema, por curiosidade do que iriam falar, resolvi tomar mais uns dois copos com água. 

Durante a discussão, uns diziam que o que os faziam diferentes era a alegria que tinham, outros declaravam que era porque tinham paz e felicidade, outros falavam que eram as únicas pessoas que tinham uma razão para ter esperança e que tinham padrões elevados das outras pessoas. E a conversa entre eles continuou.

Já mais distante deles, minha amiga virou para mim e disse: "Eu sempre acreditei que os cristãos eram pessoas que admitiam ser pecadoras, mas depois do que ouvi... é triste ver que muitos pensam ser superiores as outras."

As palavras dela me pegaram tão de surpresa que não soube nem o que dizer... simplesmente fiquei calada e me questionando: "não era pra ser exatamente isso?", mas  durante a aula de filosofia, veio somente uma palavra, graça...

Graça! Como tinha me esquecido disso? "Porque pela graça sois salvo, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus..." (Ef. 2:8).  Graça, está era a palavra... favor imerecido, mas que foi nos dado gratuitamente, sem nenhuma restrição.

Andávamos segundo o curso do mundo, segundo a nossa carne, mas Deus manifestou a sua misericórdia, seu grande amor para conosco, através de Cristo Jesus. Você deve estar se perguntando: "o que isso tem haver com a conversa daquele grupo de pessoas?", vou explicar, pelo menos tentar segundo o que acredito.

Como falado anteriormente, graça nos é dado gratuitamente. Minha amiga me fez recordar  três coisas, a primeira é a de que somos salvos pela graça mediante a fé em Cristo Jesus. A segunda, a graça significa que Deus ainda não terminou a sua obra em nós. E a terceira é de que a graça nos ajuda a descansar e a confiar em nEle.

Sendo assim, por algum motivo, muitos cristãos têm se esquecido da graça. Ficam tão orgulhosos de sua fé, porque é ela que resolve alguns problemas, te protege de algumas coisas, de pessoas, que se esquecem de que, como disse minha amiga, a diferença está no admitir ser pecador. O que nos torna diferentes é o resultado da graça "gratuita" de Deus.

Bjs, Criss Marques =)


Ps. Espero ter conseguido explicar. 

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Na Hora Da Conquista



O que vocês acham meninas? Verdade ou mentira? hahaha

Você que sabe... Você decide...



Na boa, coisa chata é quando você faz uma pergunta a alguém e ela responde: “você que sabe” ou “você decide”. O primeiro porque dá a ideia de que a pessoa mostra 'falta de interesse', o segundo parece aquele programa que passava na TV Globo, ou pode ser que a pessoa não faça noção realmente, mas mesmo assim, é desagradável ouvir. Pelo menos para mim.

Encontrei uma amiga dos tempos de escola e tivemos uma longa conversa para matar os velhos tempos. Com o passar do tempo ela fez uma pergunta do tipo:

- Vamos sair um dia desses?
- Claro! Pra onde?
- Ah... ai é você que sabe.

Na hora você faz aquela expressão, essa mesmo! Você há de concordar comigo que se uma pessoa pergunta “pra onde?” nada mais justo do que a outra dizer um lugar rs, mas até ai tudo bem.

Às vezes tenho a leve impressão de que essas duas expressões me perseguem, pois fui ao Shopping esses dias (lugar perfeito para se deparar com conhecido) e encontrei uma colega de trabalho. Depois de dois beijinhos no rosto, ela:

- Oi, tudo bem? Passeando?
- Sim, estou. Está tudo bem, graças a Deus. 
- A chefe te mandou algum e-mail?
- Mandou sim. Precisamos fazer uns relatórios. Quando você pode?
- Hum... Você decide.
- Pode ser amanhã?
- Você que sabe...

Pode rir. Nesta hora você respira fundo, conta até 10, e somente diz, amanhã, tal hora e some no meio da “multidão”. Isso é ou não é chato? risos!

Agora se você não fica incomodado e continua achando super normal escutá-las, ai é você que sabe... você decide...

Bjs, Criss Marques =)


Ps. Não estou 'azeda' rsrs.. só uma opinião básica, e não tinha nada para fazer rs, mas confesso que às vezes digo essas palavrinhas bonitas.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Inquietação


De que serve a glória,
Quando ninguém a respeita?
Pra quê ficar na memória,
Se ninguém a aceita?

Como acreditar na verdade,
Se ela não existe?
E também na igualdade,
Que em mentira consiste?

Se glória é coragem,
Quem a adquiriu?
Antes se quer ter boa imagem
A enfrentar o desafio.

A futilidade neste mundo,
É o que mais existe.
Coração mudo, 
Com o silêncio assiste.

Assiste sem nada dizer,
Pra quê falar?
Há muitos que não lhes falta que dizer,
Mas fazer?! Isso, ninguém vai arriscar.

Mas que mundo é este em que vivo,
Sem humildade ou amor?
Assim sobrevivo,
Neste mundo sem cor.

Ana Marques


Ps. Texto fantástico de uma aluna da Escola Secundária Manuel da Fonseca. A imagem foi retirado da página "Coisas que sei".